sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

10 - JORNAL DE PAREDE * 2009




Vivemos, para nossa desgraça, um tempo conturbado,
onde não há lugar para festanças e brindes de champanhe,
mas, exlusivamente, para uma atitude construtiva e decisiva,
conducente à inversão desta caminhada da Humanidade.

Os males estão identificados. Quem os provocou e provoca, também.

É o tempo de todas as decisões. Não agir será trair a esperança.
De nada nos valerá desejar um bom ano de 2009.
O importante será perguntarmo-nos o que fazer
para todos construirmos o 2009 do nosso contentamento.

Grande e fraterno abraço neste primeiro dia do ano de 2009.
Até sempre!

José-Augusto de Carvalho
*